Posts Tagged ‘D&D’

Masmorras e Dragões O Novo Forum de D&D.

Posted: 6th setembro 2009 by Gun_Hazard in RPG
Tags: , , ,

Estou aquí para divulgar um novo fórum de discussões de RPG em especial o D&D e jogos relacionados.

O Nome do Forum é Masmorras e Dragões.
O Link é masmorrasedragoes.forumbrasil.net.

Deveres e Restrições.

Esta é uma reflexão sobre as classes e o que geralmente se espera delas a nível de deveres e não só funções dentro de um grupo….

Onde está toda a preocupação moral com os dogmas da sua fé ou as responsabilidades que sua classe lhe impõe? “Há isso é segundo plano” ou “Isso depende da Interpretação de cada um” e vários outros argumentos que na prática se resumem e “Deixa isso prá lá…”

Para dar um auxilio para quem quer acrescentar mais “Verosimilhança” na sua campanha ou para demonstrar para quem não tem a menor noção do que são os Deveres e restrições que são comuns as vezes dentro das classes

Interpretando os Resultados dos Dados.

Talvez por falta de ‘interpretação’ de texto muita gente associa a ‘Interpretação’ somente como ‘ação teatral’ ou ‘agir como o personagem agiria’…

Resumindo temos que interpretar também o resultados dos dados e aplicá-los ao jogo…

Para isso eu proponho algumas abordagens para se usarem as rolagens e as interpretações…

Como ser um grupo?

Talvez este seja uma das questões que mais atrapalham o grupo de jogadores…

Como Ser um grupo?
Como fazer este grupo funcionar?
Como fazer com que o Grupo trabalhe junto?
Como fazer para que haja concórdia entre personagens muito diferentes?
Como fazer para que todos tenham seu espaço e ninguém se frustre no jogo?

Bom, vamos as indagações e sugestões:

Personagens e Jogadores.
“Penso logo existo!”.
Partindo deste principio básico da filosofia, podemos afirmar que o Personagem é um ser diferente do Jogador?
De uma Certa maneira sim!
Pois o Personagem pensa e tem objetivos que são diferentes dos objetivos do jogador.

“Mas como?”
“Como que um ser que não existe, a não ser na imaginação do jogador pode ser um ser independente de seu criador?”…

Como enlouquecer seu mestre!

Estas são dicas práticas de como transformar aquela aventura chata e sem sal em algo que vai ser lembrado (Ou causar um bloqueio mental), por muito tempo.

O Objetivo é deixar seu mestre perdido devido a reação dos seus jogadores ou personagens (Geralmente desconexas), aqui vale de tudo desde ações em jogo até ações meta-jogo ou totalmente off-topic, vale até chamar o entregador de pizza para participar do jogo bem no meio da história…

Como Criar Antagonistas?

Posted: 22nd janeiro 2009 by Gun_Hazard in RPG
Tags: , , , , ,

Como Criar Antagonistas?

Todos vocês que já Assistiram um filme/desenho leram um livro ou jogaram alguma aventura pronta já devem ter notado o quanto um antagonista pode ser interessante.

Seja como aquele vilão que os personagens não conseguem enfrentar até certo ponto da história, seja como aquele rival que a todo instante atrapalha o grupo, ou aquele misterioso personagem o qual os outros personagens não conseguem definir as intenções, sem saber se é um aliado ou um inimigo.

Muitas vezes o antagonista chega a ser mais interessante do que um NPC importante ou um aliado famoso.

Mas como você Mestre pode conseguir criar um antagonista digno de ser lembrado, amado e odiado ao mesmo tempo?

E o pior como fazer para que ele não seja destruído pelo grupo poderoso e logo esquecido?

Como Dar Vida a Um Combate em Massa.

Posted: 19th janeiro 2009 by Gun_Hazard in RPG
Tags: , , , , , ,

Como Dar Vida a Um Combate em Massa.

Qual a melhor maneira de se arbitrar um combate em massa dentro do seu Jogo?

Analisando Pontos de Vida e Variantes.(Parte 3)

Nas partes anteriores 1 e 2, falamos sobre como funciona a abstração dos Pontos de Vida do D&D e um pouquinho de algumas Opções variantes.

Bom, vamos continuar falando um pouco das Regras Variantes:

Analisando Pontos de Vida e Variantes.(Parte 2)

Bom na parte anterior, falamos sobre como funciona a abstração dos Pontos de Vida do D&D.

Muitos podem discordar dela, dizendo que como é uma abstração pode ser dada outra abordagem e eu concordo, mas não uma apoiada por nenhuma regra básica do jogo e todas as abordagens exigem muito bom senso e boa vontade das partes envolvidas.

Bom vamos falar um pouco das Regras Variantes: