Posts Tagged ‘Criação de Personagens’

Fiz um post recentemente sobre os perigos da regra de ouro e inspirado pelo senhor FenrirX venho agora fazer outro sobre os advogados de regras. Duvido muito alguém que frequente esse blog não saiba o que significa o termo, mas mesmo assim vou explicar. È aquele jogador que “come ” todos os livros de um […]

Esse termo é extremamente perigoso na minha opinião, um dos recursos mais flexiveis dentro do RPG pode ser a ruina de qualquer mesa de jogo. Me lembro de um bom narrador de nosso grupo que uma vez abusou ao extremo desse recurso ao ponto em que os joadores perderam totalmente a confiança em qualquer regra […]

Meu grupo de RPG sempre teve narradores muito criativos principalmente no quesito regras inúmeras foram as vezes que adaptamos, criamos ou simplesmente excluíamos regras que considerávamos deficientes os ineficazes. Sempre teve de tudo desde uma simples flexibilidade dentro de um certo contexto ate coisas mais “hardcore”  como por exemplo usar cartas de baralho no lugar […]

È isso ai pessoal esse é meu primeiro post aqui no blog espero agradar, vou começar devagar falando sobre um assunto aleatório e divertido. Em meus mais de 10 anos como narrador sempre tive alguém em meu grupo de jogadores que fazia a diferença, mas não estou falando daquele jogador certinho que os narradores adoram. […]

Como ser um grupo?

Talvez este seja uma das questões que mais atrapalham o grupo de jogadores…

Como Ser um grupo?
Como fazer este grupo funcionar?
Como fazer com que o Grupo trabalhe junto?
Como fazer para que haja concórdia entre personagens muito diferentes?
Como fazer para que todos tenham seu espaço e ninguém se frustre no jogo?

Bom, vamos as indagações e sugestões:

Personagens e Jogadores.
“Penso logo existo!”.
Partindo deste principio básico da filosofia, podemos afirmar que o Personagem é um ser diferente do Jogador?
De uma Certa maneira sim!
Pois o Personagem pensa e tem objetivos que são diferentes dos objetivos do jogador.

“Mas como?”
“Como que um ser que não existe, a não ser na imaginação do jogador pode ser um ser independente de seu criador?”…