Arquetipos de personagens.

Posted: 2nd março 2009 by Gun_Hazard in RPG
Tags: , ,

Arquetipos de personagens.

Arquetipos são descrições breves, um resumo do personagem, geralmente um único parágrafo.

O Arquetipo de Personagem, fornece uma idéia básica sobre o personagem e seus objetivos.

Qual a vantagem de um arquetipo?
– Clareza. Muitas vezes podemos elaborar um muito bem um Histórico e Personalidade do personagem e no entanto não conseguirmos transmitir estas informações de forma clara. A Idéia do Arquetipo é de fornecer uma idéia básica e fácil de se captar.
O Criador (Tanto faz se é um mestre criando um PdM ou um Jogador criando um Personagem), pode apresentar o personagem como um arquetipo e depois trabalhar o Histórico e Personalidade da forma que achar melhor.
– Versatilidade. Como o Arquetipo fornece apenas as diretrizes básicas. É fácil de se alterar algum detalhe posteriormente, acrescentar algo, ou criar algo único e criativo com base em um arquetipo simples.
– Dica de interpretação. Um arquetipo pode ajudar a dar dicas de interpretação do personagem, e dar ao mestre uma ajuda na hora de premiar o jogador com XP por Interpretação, caso ele interprete o arquetipo de forma convincente.
– Evita o Vazio. Algumas vezes não conseguimos desenvolver direito um personagem recém criado e demora para adquirirmos isso em jogo. Um arquetipo te dá uma direção a seguir.
– Diversidade. Dois personagens da mesma classe podem ser completamente diferentes apenas se baseando em seu Arquetipo e evita que seu personagem se torne “Mais-um-guerreiro-com-espada”.

Quais as desvantagens?
– Arquetipo = Estereótipo. Muitos reclamam que o Arquetipo nada mais é do que mais um estereótipo a mais para o personagem. Não deixa de ser uma verdade mas também não há nada que atrapalhe ou limite a criação do personagem.
– Limitação de Interpretação. Algumas vezes pode ocorrer do jogador acabar agindo de forma diferente do que se espera de seu arquetipo. (Por exemplo um Cavaleiro Valente atacando com covardia ou fugindo de uma batalha). Os arquetipos não são estipulações rígidas quanto uma tendência por exemplo, tudo bem se de vez em quando o personagem agir de forma diferente do que se é esperado pelo seu estereótipo, mas se isso for a regra e não a exceção então converse com o jogador para ele rever as suas ações ou o seu Arquetipo.

Exemplos Comuns de Arquetipos:

– Amaldiçoado. Alguém que foi amaldiçoado por alguma razão e hoje vaga em busca de um método de se livrar desta maldição. Ex: Spawn
– Bom Ladrão ou Robin Hood. Um ladrão que rouba apenas dos que abusam dos pobres e desfavorecidos e utiliza este dinheiro para ajudar a restituir estes bens aos pobres. Ex: Robin Hood.
– Campeão. Alguém que age como um representante de algum grupo ou conceito, por exemplo, campeão da tribo, campeão do reino, campeão da liberdade (ou até mesmo alguma divindade). Ex: Capitão América.
– Cavaleiro Andante. Um cavaleiro que não está mais vinculado (de forma Rígida) a um exército ou Ordem e que viaja pelo Reino (Mundo) em busca de desafios ou em busca de uma utilização nobre para suas habilidades. Ex: Lancelot.
– Desertor. Um membro de algum exercito ou grupo e que resolveu por alguma razão mudar de lado, se voltando contra seus antigos aliados e a favor de seus antigos inimigos.
– Duelista. Um combatente que viaja em busca de desafios a suas técnicas de Luta, seu objetivo é aprimorar-se em combate e vencer os mais renomados lutadores que Encontrar. Ex: Musashi, Ryu.
– Especialista. Um Personagem que se dedica a uma área de atuação em especifico, tornando-se um expert naquela área.
– Regenerado. Alguém que era tido como um inimigo, bandido, vilão e que por alguma razão resolveu agir a favor do bem.
– Vigilante. Ele é uma espécie de combatente contra o Mal (crime), mas não pertence a nenhum tipo de organização, movido apenas por sua vontade de lutar contra o que ele acha que está errado. Geralmente age no anonimato ou em segredo. Ex: Demolidor, Batman, Homen-Aranha.
– Vingador. Alguém que perdeu tudo o que prezava e agora se dedica a buscar vingança contra o responsável pela sua desgraça, ou contra inimigos do mesmo tipo. Ex: Justiceiro.
– Estudioso. Alguém que devota sua vida ao estudo de algum ramo acadêmico (História, Ocultismo, conhecimentos gerais, etc).
– Investigador. Um especialista em obter informações e decifrar estas informações a fim de descobrir um segredo enigma ou outro tipo de mistério. Ex: Herlock Holmes
– Diplomata. Um personagem que usa de seu carisma e lábia para intermediar conflitos, resolver situações sociais, representar interesses de um grupo especifico.
– Místico. Um Ocultista estudioso das artes místicas e sobrenaturais, dedica a sua vida a acumular conhecimento oculto e em conseqüência disto, Poder. Ex: Dr. Estranho, Raistlin
– Guardião. O Guardião é um personagem enigmático que se empenha em defender um local ou comunidade ou pessoa, mas sem que essa sua proteção seja algo público.
– Andarilho. O Andarilho é uma figura enigmática, um nômade que vaga pelo mundo a procura de algo, ou simplesmente por desejo de viver livre e conhecer novos lugares.
– Rebelde. É Um personagem que se opõe ao comando da sociedade em que vive, pode ser desde um guerrilheiro, a um agitador político.
– Renegado. É um personagem que perdeu seu posto, sendo expulso de alguma Organização ou Ordem (Militar ou Não). E que continua se dedicando a seus ideais e atividades, mesmo sem pertencer mais a tal grupo.
– Militar. Um membro de algum grupo Militar Organizado e que costuma a agir seguindo seus modos Rígidos de conduta. Abrange desde um General Reformado a Um Soldado raso.
– Protetor. Um Defensor Dedicado a Proteger algo, que segundo ele é muito valioso. Poder ser um Reino, Um Castelo, Uma Comunidade, Um Membro da Realeza ou Simplesmente a(s) pessoa(s) amada(s).
– Sábio. Um Personagem que dispõe de sua sabedoria para alcançar seus objetivos. E normalmente auxiliar alguém que precise de um Conselheiro ou ajuda.
– Tutor. Alguém responsável pelo cuidado e Ensino de alguém ou grupo especifico.
– Explorador. Um Aventureiro dedicado a Exploração e descoberta de locais novos ou perdidos pelo passar do Tempo.
– Religioso. Um Membro de algum Clero ou organização religiosa que preza pelos bem espirituais dos seguidores da mesma fé.
– Devoto. Um Membro dedicado de alguma Divindade, Religião, Ordem, Filosofia ou conceito e que segue com fervor os dogmas e preceitos ao qual ele optou por seguir.
– Mercenário. Um Aventureiro ou Combatente que presta suas habilidades em troca de remuneração (bens como Dinheiro, títulos, Renome, terras, etc).
– Furtivo. É o Tipo de personagem que costuma agir sem ser visto, preferindo se valer de subterfúgios e discrição. Para ele se ele entrar e sair sem ninguém ver melhor.
– Malandro. Um Personagem que consegue tudo por meio de jogo de cintura, lábia e quem sabe um pouco de atitudes ilícitas ou imorais.
PS: Caso Vocês queiram aumentar esta lista com algo que tenha ficado faltando ou que vocês julguem legais. Basta Seguir … e se possível de um Exemplo.

PPS: Desculpem a demora em postar novidades, a culpa é do carnaval…

  1. Daniel Anand disse:

    Massa as dicas, funcionam bem em qualquer RPG. Só uma correçãozinha: É Robin Hood.

  2. Daniel Coimbra disse:

    Gostei do texto, vou usar em minha campanha de 4ed para dar um toque a mais nos personagens!

    : )

  3. Gun Hazard disse:

    Obrigado pelo Toque Daniel.

  4. Servo de Hextor disse:

    Muito 10..vou usar o amaldiçoado…mas se vc desse fichas tbm seria bom…

  5. […] alguns anos atrás havia dissertado sobre o uso de arquétipos (http://falhacritica.net.br/arquetipos-de-personagens/), como fonte de auxilio para as tomadas de decisões na hora de definir um histórico ou determinar […]